Ícone de Linguagem

Escolha sua língua / Choose your language / Elija su idioma

Português English Español

Rio de Janeiro, 29 de abril de 2017 10h32

Jogos Rio 2016

Rio Media Center

Prefeitura entrega Espaços de Educação Infantil em Guaratiba e homenageia campeão paralímpico

23/09/2016, às 12:19

Foto: Ricardo Cassiano
Foto: Ricardo Cassiano
Foto: Ricardo Cassiano
Foto: Ricardo Cassiano
Foto: Ricardo Cassiano
Foto: Ricardo Cassiano

Os moradores de Guaratiba ganharam, nesta quinta-feira (22/09), duas novas unidades escolares construídas pelo programa Fábrica de Escolas do Amanhã Governador Leonel Brizola. Os Espaços de Desenvolvimento Infantil (EDIs) Padre Carlos Henrique de Souza e Medalhista Paralímpico Ricardo Costa de Oliveira (atleta que conquistou medalha de ouro no salto em distância nos Jogos Rio 2016) vão atender 300 alunos cada, beneficiando 600 crianças da região.

 

Construídos na Rua Silvania, os novos EDIs receberão crianças da creche à pré-escola, de seis meses a 5 anos e 11 meses de idade. As unidades integram o programa Escolas do Amanhã, responsável por implantar o ensino integral na rede municipal, em turno de sete horas de aulas. “Esses são espaços com qualidade em que as crianças terão a oportunidade de construir um futuro melhor”, disse o prefeito Eduardo Paes.

 

As duas unidades contam com salas de atividades, berçários, lactários, refeitórios, bibliotecas com livros apropriados para cada faixa etária, área administrativa, solário e parquinho. Os prédios, ambos de três andares, são totalmente acessíveis, com elevadores, banheiros para pessoas com deficiência, pisos táteis e informações em braile nas portas e corrimãos.

 

Os projetos tiveram como base preceitos construtivos de modularidade, racionalidade, pré-fabricação, segurança, sustentabilidade, ergonomia, economia, conforto térmico, acústico e eficiência energética, com emprego de materiais sustentáveis. Todos os ambientes receberam tratamento acústico, com a utilização de forros e painéis de vedação termo acústicos e esquadrias especiais.

 

Para a dona de casa Luciene Souza de Oliveira, 33 anos, ter a filha Evelyn, 2, no ensino em tempo integral do EDI Medalhista Paralímpico Ricardo Costa de Oliveira será o primeiro passo para a cura da depressão que enfrenta: “Eu sempre fui muito ativa, mas quando a Evelyn nasceu tive que largar o emprego e acabei entrando em depressão. Hoje, faço tratamento psicológico na Clínica da Família, mas voltar ao trabalho é o que vai me curar. Não tenho condições de pagar uma pessoa para cuidar dela, por isso essa escola em tempo integral vai ser tudo de bom”.

 

Este EDI é a primeira homenagem da prefeitura aos atletas paralímpicos do Brasil que conquistaram medalha nos Jogos Rio 2016. Natural de Três Lagoas, em Mato Grosso do Sul, Ricardo Costa de Oliveira, campeão no salto em distância na categoria T11, ficou cego por conta da Doença de Stargardt, uma forma de degeneração macular juvenil que causa perda de visão progressiva.

 

Outras 13 unidades de ensino com nomes de atletas olímpicos já foram entregues à população da Zona Oeste, conforme o decreto nº 42.077, do dia 3 de agosto, que instituiu que as novas Escolas Municipais, Espaços de Desenvolvimento Infantil (EDIs) e Clínicas da Família a serem entregues ainda no exercício de 2016 levarão, excepcionalmente, nomes de atletas brasileiros medalhistas nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.