Ícone de Linguagem

Escolha sua língua / Choose your language / Elija su idioma

Português English Español

Rio de Janeiro, 21 de agosto de 2017 03h44

Jogos Rio 2016

Rio Media Center

Prefeitura entrega mais duas Escolas do Amanhã na Zona Oeste em homenagem a campeões olímpicos

28/09/2016, às 10:45

EDI_Ricardo-Cassiano_04Foto: Ricardo Cassiano
EDI_Ricardo-Cassiano_07Foto: Ricardo Cassiano
EDI_Ricardo-Cassiano_01Foto: Ricardo Cassiano
EDI_Ricardo-Cassiano_02Foto: Ricardo Cassiano
EDI_Ricardo Cassiano_03Foto: Ricardo Cassiano
EDI_Ricardo Cassiano_05Foto: Ricardo Cassiano
EDI_Ricardo Cassiano_06Foto: Ricardo Cassiano
EDI_Ricardo Cassiano_08Foto: Ricardo Cassiano

A Prefeitura do Rio entregou, na manhã desta terça-feira (27/09), mais duas Escolas do Amanhã, em Santíssimo, na Zona Oeste, que beneficiarão 720 alunos em horário integral. As duas novas unidades de educação levam os nomes de dois atletas brasileiros da seleção masculina de vôlei que ganharam medalha de ouro nos Jogos Olímpicos Rio 2016.

“Com esse programa de Escolas do Amanhã, os alunos terão mais aulas de Português, Matemática e Ciências. Além disso, o tempo integral dá oportunidade de as mães trabalharem ou dedicarem esse tempo para as tarefas do dia a dia”, destacou o prefeito Eduardo Paes.

A Escola Municipal Ginásio Medalhista Olímpico Douglas Correia de Souza, atenderá 420 alunos, do 7º ao 9º ano. Já o Espaço de Desenvolvimento (EDI) Medalhista Olímpico Wallace Leandro de Souza tem capacidade para receber 300 crianças, da creche a pré-escola, com idades entre seis meses e 5 anos e 11 meses.

“Acreditamos que com mais tempo de aula, de atividades diferenciadas, certamente os alunos farão uma escola de muita qualidade. Se frequentarem essas escolas assiduamente, terão muito sucesso”, afirmou a subsecretária municipal de Educação, Helena Holperin.

Localizada na Rua Otto Maria Carpeaux, s/nº, a Escola Municipal Ginásio Medalhista Olímpico Douglas Correia de Souza possui sala de leitura equipada com computadores, sala de apresentações, laboratório de Ciências, quadra coberta, refeitório e salas de aula climatizadas. A acessibilidade do espaço também está garantida e conta com elevador, piso tátil e informações em braile nos corrimãos das rampas, nas portas das salas e do banheiro.

Já o EDI Medalhista Olímpico Wallace Leandro de Souza, que fica na comunidade Jardim Terra Firme, na Rua José Otávio Correa Lima, s/nº, conta com sala de atividades, berçários, sala multiuso, biblioteca, refeitório, banheiro para pessoas com deficiência, lactário e parquinho. O espaço foi criado para proporcionar aprendizagem e desenvolvimento, com materiais e livros apropriados para cada faixa etária, além de contar com educadores especializados, sendo um deles professor de Educação Infantil.

A dona de casa Cíntia Paulino, 34 anos, mora na mesma rua do EDI e espera conseguir um emprego durante o período que a filha Maria Isabel, 1 ano, estiver na escola:

“Minha filha ainda é pequena e estava insegura de colocá-la em qualquer lugar. Mas quando conheci essa creche não perdi tempo e vim correndo procurar saber da inscrição. Com ela na escola o dia todo, vou poder procurar um trabalho”.

Além destas duas Escolas do Amanhã, outras 17 unidades de ensino, 15 com nomes de atletas olímpicos e duas de atletas paralímpicos, ganharam nome de medalhistas. A ideia de homenagear os medalhistas do Brasil nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 tem como objetivo reconhecer o esforço e a superação dos atletas brasileiros, além de incentivar as novas gerações.