Ícone de Linguagem

Escolha sua língua / Choose your language / Elija su idioma

Português English Español

Rio de Janeiro, 21 de agosto de 2017 03h46

Jogos Rio 2016

Rio Media Center

Magé reúne belezas naturais e históricas

02/08/2016, às 12:20

Magé_Guia de Pacobaíba_Divulgação_tratadaFoto: Divulgação
Magé_Monjolos_Divulgação_tratadaFoto: Divulgação
Magé_Poço Bento_Divulgação_tratadaPoço Bento, Magé / Divulgação

Cidade metropolitana do Rio de Janeiro, Magé tem a natureza como seu principal atrativo. Com parte do Parque Nacional da Serra dos Órgãos em sua área, abriga belíssimas cachoeiras, como a Véu de Noiva e a Monjolos, e é cortada por cinco rios principais e seus afluentes. Mas suas belezas não são apenas naturais, o patrimônio material também se destaca. Magé tem muitas igrejas, de Nossa Senhora da Guia de Pacobaíba a São Nicolau.

O município vai oferecer no Rio Media Center um happy hour com uma amostra do que tem de melhor.  No dia 9 de agosto, atividades gastronômicas e culturais serão oferecidas em três espaços do local: Salão Olímpico, lounge e área externa. O Espaço Mané Garrincha vai ocupar o Salão Olímpico com uma exposição de fotos, livros, revistas e artigos pessoais de um dos maiores gênios da história do futebol, Mané Garrincha, que nasceu em Magé.

Aperitivos feitos com produtos orgânicos, cultivados e colhidos em Magé, serão servidos em uma degustação no lounge. No cardápio, geleia de abacaxi com pimenta, geleia de manga com pimenta, geleia de banana sem açúcar, doce de jaca, doce de jiló, doce de banana, licor de jenipapo e a famosa farinha de surui com melado. Na área externa estão programadas apresentações da dança do jongo e da capoeira do mestre Zé Mussum.

Um dos pontos turísticos do município é o Poço Bento, com água benta pelo jesuíta São José de Anchieta. Outro atrativo é a Estrada de Ferro de Guia de Pacobaíba, a primeira ferrovia do Brasil e a terceira da América Latina. Hoje desativada, a estrada fazia ligação com a cidade de Petrópolis, tendo sido utilizada pela Família Imperial.

A heroína oficial da cidade é a escrava revolucionária Maria Conga, e o maior folclore é sobre a Mirindiba. Diz a lenda que a índia tupinambá Mirindiba foi encantada pelo pajé de sua tribo, que utilizando seu maracá a transformou em uma árvore. Essa árvore, ou índia encantada, é uma atração do Morro do Bonfim, no centro de Magé.

Serviço

 

Atendimento à imprensa

Balcão no RMC – 8 e 9 de agosto

Horário: 8h às 20h

 

Brunch

Data: 9 de agosto

Horário: 12h

Local: Rio Media Center